Google+ Followers

sábado, 25 de julho de 2015

Tentando ser eu



Na verdade eu nunca soube ser ninguém, me vestia de muitos estilos para parecer menos
sombria e chata, mas o que queria era taxado na minha cara sempre que "achava esquecer"
ao meu redor sempre houve vozes querendo me por chapéus e silhuetas estranhas, corpos estranhos para me nomear a "filha" de quem, e quando podia fugir me trancava em um quarto que era
somente meu e vestia meus livros e andava em historias que por volta e  meia me chamavam a 
atenção, ao parecer que a noite caia e o tempo passava me via na agonia de estar vestida
com um vestido rodado em meio a festa dos outros;  sorria pra mostrar que estava tudo bem, comia para matar a minha ânsia de estar longe dali, sorria pra não ouvir os "porque's" de ser tão triste e diferente, gostava do meu "solo" pois só assim podia ouvir a natureza e sentir o vento tocar minha pele, as vezes dava para ouvir oque falavam em tom agudo que eu era triste de mais, só queria andar sozinha a "anti-social" da família - ela deve ter problemas - mas nunca ligava, mas permanecia na
minha mente que era um corpo estranho naquele lugar, passava noites acordada ao ver o grande céu estrelado ao amanhecer me deparava com lembranças de ter ido ao mar azul do céu -grande mar azul escuro- se isso era doideiras minhas não sei, mas era bom me tirava do
real em que me perdia diariamente seria aquela "garotinha" de sempre com um vestido rodado vermelho entre todos os outros negros e acinzentados da família. 

Autora: Chris Ht

sexta-feira, 10 de abril de 2015




Quando eu era criança tinha medo de crescer e virar adulta, pois sabia que a partir da hora que crescesse as pessoas mudariam, isso ouvindo os comentários entre os adultos da minha época - cresci entre erros e meios acertos e hoje olhando a bagunça que tudo virou, tenho certeza de dizer que saudade daquele, tempo que não havia preocupações alem da hora de chegar em casa, "se pudesse guardava tudo numa garrafa e bebia"(cz), aquela volta meia solta entre o parque, corria o mais de pressa pra chegar em casa antes que minha mãe pudesse sentir minha falta a emoção de correr entre as arvores, todos os detalhes que via em frações de segundos que me chamavam a atenção...mas tudo passou, hoje...só a saudades.

ChrisHt

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Tô precisando passar um tempo longe de mim



Sabe quando você abre a boca e depois que diz ver que não fez ou nem fará nem um objeção, me sinto assim para alguns assuntos, precisando abrir a cabeça, chorar sem ter pontos ou virgulas, deixar tudo que me faz mal ir
E se puder... Não voltar. Como as borboletas que só vivem 24 horas.

domingo, 18 de janeiro de 2015

Em uma bola de concreto


Estava aqui mergulhada em lembranças, passagens que aconteceram na minha vida e que ninguém há de viver nunquinha, saudades, fleches de saudades de momentos únicos, deve estar pensando que sou meia "petulante" ao dizer que nunca ira viver e ver o que vi e vivi , pois bem não ira mesmo, digamos que o que vivi foram passagens, algumas perturbadoras em primeiro momento pois havia muita gente ruim ao meu lado querendo o que era meu e não podia saber quem eram, eram tipo correntes de más influencias meu pior inimigo.
Embora fosse para luz que sempre corria a sombra sempre me alcançava a unica dadiva em que me agarrava era a fé, vi tantas coisas deitada em cima de uma cama de hospital que podia escrever um livro, um não milhares.
As vezes eu gosto desta zona que criei ao meu redor, aonde nada nem ninguém pode ir ou tocar, me sinto em paz, sai de uma sala de cirurgia mas sai tendo dentro de mim tudo que precisava aprender e aprendi, vai... não sou perfeita, apenas penso certo quando todos ao meu redor pensam errado, fico imaginando eu na pele da outra pessoa e sempre a aceito, tenho em mim a parte cristã que ninguém precisa ver e confio nela ela não precisa de bandeirinhas escrita "sou cristã" Confio em Deus e nos santos, tenho em mim a fé para todos.
Agora voltando ao assunto em que comecei, não que tenha saudades de estar doente em cima de uma cama mas, não sentia dores e sempre via o céu os anjos estavam sempre comigo os lugares por onde andei, o que vi, não há explicação pra elas não foram produzidas pela minha mente; Eu era sempre impulsionada para as coisas do céu pois minha mãe sempre rezava e pedia a Deus que ficasse bem, sonhei que iria comprar uma casa...Pois bem já fazem 5 anos desde então mais não perdi a minha fé e ainda acho que algumas almas me atrapalham mais a terei assim que puder.
A descrente aqui crê só que não da as mãos a igreja alguma, pois se tu escolhe uma apenas te taxam de uma coisa se escolher a outra te taxam de outra coisa, porem tenho minha fé em mim e as vezes quando o Cristo me chama eu o atendo.

Chrisht2

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Cada pessoa é um mundo


Só aceitar as diferenças e todo mundo vive.

Cada um vive da forma que gosta, eu acho super valido dizer e mostrar o que tanto tem a vida que pra VOCÊ  tem sentido, mostrar fotos de finais de semana maravilhosos com pessoas especiais ou algo que você gosta, musicas e livros e natureza que seja valido, emfim...
Eu sou um misto só, só não curto grosserias, violências e gente querendo competir comigo se bem que quando alguém compete com você dá pra ver quem é realmente a melhor.
Dizem por ai que sou anti social
Que não gosto das pessoas
Que sou desligada
Que não me importo com os outros
Mas penso assim, se discutir e brigar pelo seu jeito vou perder, por que oque diferencia uma pessoa da outra são as diferenças e cabe cada qual aceitar, mesmo que as vezes você não aceite 'DEUS FEZ A GENTE UM Á UM" cada qual diferente do outro.
O que os outros pesam não posso fazer nada nem você, isso tem o nome de livre arbitro não tenho um poder ou magica para ser "A PERFEITA(O)" nem quero ser antes pensava em ser tudo ter dinheiro sobrevoar os céus e ter muita grana, mas hoje penso diferente, já passei por cada coisa e cada uma me mostrou o que era estar nela "situações" me orgulho de tudo que aprendi com a vida, embora ela tenha tirado algumas coisas minhas, então ...viva como se não houvesse o amanhã.

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Devaneio


Olhar pro fundo de tudo e não ver nada, não anda um marasmo porem mesmo assim o nada insiste em esperar te junto a porta de saída.
Será que ainda irá sofrer amor? e sua compaixão e a morte daquele que tu nunca quis que saísse de dentro de si? Onde foras? E sua gana a amar e suas taras ingenuas noites á fora? Sua procura insana pela deusa do amor? ou chamaria a deusa da desgraça? Achaste? ou desistiu de encontra-la?
Por uma leve mudança ainda te acho igual aquela garotinha de 17 anos, embora não pudesses ver sua inquietude, posso senti-la por onde vá - E ainda inquieta como sempre. -
Sente se agitada a ver mais do mundo a sentir gostos que nunca os teve, a sentir o alvorecer, mas o que estou a ver (...) é que os seus desejos repentinos da garota cheia de vontades esta acabando(...) Não podes estragar logo agora, se minha baixa alegria e o esgotamento de tudo lhe forçar a fazer algo insisto em dizer ..Alegra te pois os que lhe faziam mal já foi e não há mais nada o que temer, embora seja "fraca" sei que seu espirito é um bem maior e ele brilha sempre com muito força, traga o sempre a você, você o tem e se lembra onde deixou, você sempre faz isso e sempre encontra o caminho então...deixa a luz entrar.


by: Meu Eu.

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Eu não falaria tanto sobre mim, se houvesse alguém que conhecesse tão bem



O mundo anda girando em torno de mim, não venho vivendo quase nada e os dias passam se como quem anda em um carro sem freios as palavras passam se desregradas na minha mente e quase nunca consigo transforma-las em versos para a minha pagina, em mim quase nada dói, não vejo o mundo mais como via a alguns anos atrás, pra mim as pessoas se quebram tentando explicar ou por coisas na cabeça dos outros - Não adianta - As pessoas querem viver, fazendo o errado ou não, sendo desleais ou não.
A dias passava entre as pessoas na rua olhando fixamente para trás e não podia parar, me sentia presa ao ver que de onde fixava me não podia ver, em algumas manhãs pude ver lo se levantando e pondo a cidade em luz, lá embaixo havia aquele cheiro de gotículas de água nas plantas e fechava os olhos e imaginava-me a andando em meio campo aberto o sol nascendo e o ar levando os meus cabelos.
Não acho que seja tarde para se libertar, quero sim viver tudo que for possível tô cansada de ser a "meio termo" de ouvir criticas de ficar parada esperando alguém viver por mim, embora já não seja como aquela garotinha de 15 anos atrás eu tenho em mim o que preciso, foi difícil acordar mas eu não tenho mais o tempo que tinha, aprendi tudo que pude e ando afim de acordar e sentir o vento bagunçando meus cabelos de fixar meus olhos no horizonte e não ter pressa para não se atrasar de sentir o amor que tanto me doa de me doar as coisas que tanto amo só peço a D'us que me ajude e que as coisas vá sempre para onde eu preciso.  

Chris Ht